REJUVENESCIMENTO FACIAL E AS “NOVAS TECNOLOGIAS”

ROSANGELA CARVALHO DE ANDRADE, HERCILIO DE MEDEIROS SOUSA

Resumo


Atualmente vigora um novo conceito de beleza onde se busca o retardo do envelhecimento cutâneo e a grande maioria das pessoas busca uma pele jovem, sem manchas ou rugas. Entretanto, com o avanço da idade, a pele começa a sofrer alterações que modificarão seu aspecto gradativamente caracterizando o envelhecimento cutâneo. O envelhecimento cutâneo é um processo contínuo que afeta a função da pele e aparência. Uma das principais razões apontadas pelos pesquisadores como, responsável pelo processo de envelhecimento é o desequilíbrio do mecanismo de defesa antioxidante do organismo humano. O presente artigo tem como objetivo principal analisar e expor os diversos estudos e pesquisas realizados na área de atuação da fisioterapia dermato funcional no uso de recursos eletroterapêuticos tais como o uso da radiofreqüência, da carboxiterapia e os nutricosméticos associados ou não na redução de rugas e flacidez tissular na região de face e no tratamento de rejuvenescimento e reabilitação da pele.

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Diálogos em Saúde

ISSN: 2596-206X

Instituto de Educação Superior da Paraíba

Rodovia BR 230, Km 14, s/n, Morada Nova. Cabedelo - PB. CEP 58109-303