A INFLUÊNCIA DO TREINO DE FORÇA PARA INDIVÍDUO ATAXICO: UM ESTUDO DE CASO

Kathleen de Lima Marques, Ana Paula Urbano Ferreira, Kaethy Vasconcelos da Silva, José Airton Xavier Bezerra, Aline Nóbrega de Albuquerque Rabay

Resumo


OBJETIVO: Avaliar os beneficio promovidos pelo treinamento de força em pessoas com Ataxia Cerebelar.MÉTODOS: O avaliado foi um homem de 20 anos, iniciante na pratica de exercícios de força que foi submetido a 12 semanas de treinamento de força, voltado para reabilitação e com caráter metabólico. Foram aplicados como métodos de avaliação o Teste de Sentar e Levantar (TSL) e a Escala de Avaliação e Graduação da Ataxia (SARA).RESULTADOS: Feito o comparativo do antes e depois do treinamento de força, o resultado foi considerado significante e satisfatório, onde o Teste de Sentar e Levantar (TSL) e a Escala de Avaliação e Graduação da Ataxia (SARA) apresentaram uma evolução significativa, assim demostrando os benefícios e a eficácia do treinamento de força para estes indivíduos.CONCLUSÃO: Constatou-se que a pratica da atividade física como treinamento de força foi benéfica e proporciona um melhor estilo de vida para pessoas com ataxia e os benefícios podem ser observados em diversos aspectos.     


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Diálogos em Saúde

ISSN: 2596-206X

Instituto de Educação Superior da Paraíba

Rodovia BR 230, Km 14, s/n, Morada Nova. Cabedelo - PB. CEP 58109-303