MOTIVOS DE PRÁTICA E ABANDONO EM CORREDORES RECRACIONAIS SOB O PONTO DE VISTA DA PSICOLOGIA SOCIALCOGNITIVA

Edson Medeiros da Silva, Stephanney Karoline M. S. F. de Moura, Aline Albuquerque Nobrega Rabay, Ana Paula Urbano Ferreira, Rogério Márcio Luckwu dos Santos

Resumo


A psicologia do Esporte surgiu há mais de cem anos e é considerada uma ciência nova comparando com outras. A corrida de rua é uma competição que faz parte da modalidade do atletismo, onde o atleta tenta percorrer uma certa distância no menor tempo possível. O objetivo deste trabalho foi identificar motivos de prática e abandono em corredores recreacionaisna cidade de João Pessoa-PB. A amostra foi composta de por 49 pessoas, 32 do sexo masculino e 16 do sexo feminino com idades entre 19 e 70 anos (M=38,83 ± 11,16) e com um tempo de prática de (M= 89,67 meses). Os resultados mostraram que o principal motivo da prática da corrida de rua está relacionado com fatores de saúde. Enquanto o principal motivo apontado para o abandono é a falta de tempo ou incompatibilidade entre as atividades esportivas e as demais atividades do cotidiano.

MOTIVOS DE PRÁTICA E ABANDONO EM CORREDORES RECRACIONAIS SOB O PONTO DE VISTA DA PSICOLOGIA SOCIALCOGNITIVA


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Diálogos em Saúde

ISSN: 2596-206X

Instituto de Educação Superior da Paraíba

Rodovia BR 230, Km 14, s/n, Morada Nova. Cabedelo - PB. CEP 58109-303