A TEMÁTICA DA HIGIENIZAÇÃO NO ENSINO REMOTO EMERGENCIAL: ESTUDO DE CASO EM TEMPOS DE PANDEMIA

Ana Maria Medeiros da Silva, Josefa Rubiana da Silva, Maria Nilda de Sousa, Pedro José Aleixo dos Santos, Lívia Poliana Santana Cavalcante

Resumo


Com o advento da pandemia, do isolamento social e das medidas preventivas contra o novo coronavírus, trabalhamos a temática higienização com a finalidade de  contribuir na aquisição dos hábitos adequados para manter uma vida saudável, além de promover a conscientização das crianças de maneira lúdica que serão multiplicadoras do conhecimento adquirido através do processo de ensino aprendizagem. Este artigo, trata-se de um estudo de caso, em que observamos uma turma de primeiro ano, na faixa etária de seis anos do Ensino Fundamental I. Constatamos que, a maior parte da turma não consegue ter acesso Ensino Remoto Emergencial (ERE).Trabalhamos um diálogo entre o coronavírus e o sabonete líquido que foram representados por fantoches e enviados através vídeos curtos pelo  aplicativo WhatsApp,  e mesmo a turma tendo um número considerável de alunos apenas conseguimos o retorno de nove estudantes. Percebemos que, essa dificuldade é uma realidade vivenciada por uma parcela considerável nesse cenário pandêmico no ERE, um dos fatores é a ausência de mídias e internet de qualidade. Mesmo diante dos desafios do ERE, é indiscutível que este veio enquanto suporte para a continuidade das atividades educacionais. Portanto, concluímos que antes lavar as mãos era simplesmente, algo normal do nosso cotidiano, hoje é considerado extremamente imprescindível no controle deste vírus. Sendo assim a temática da higienização precisa ser ainda mais ser pesquisada em sala de aula.

 

Palavras-chave: Conscientização; Ensino Remoto Emergencial.; Higienização; Ludicidade; Pandemia.

Texto completo:

PDF

Referências


ANJOS, T. O. et al. Teatro de fantoches como estímulo à leitura. Revista Eletrônica Acervo Saúde, v. 13, n. 2, 2021.

BRANDENBURG, C. et al. Cartilha educação e saúde no combate a pandemia da (covid-19). Rev. Pemo, Fortaleza, v. 2, n. 2, 2020.

BRASIL. Constituição da República Federativa do Brasil. Brasília: 1988.

BRASIL. Base Nacional Comum Curricular. Educação é a Base. Brasília: MEC, 2017.

BRASIL. Secretaria de Educação Fundamental. Parâmetros curriculares nacionais: ciências naturais /Secretaria de Educação Fundamental. – Brasília: MEC/SEF, 1997. 136p.

BRAUER, M. et al. Global access to handwashing: implications for COVID-19 control in low-income countries. Environ. Health Perspectives, v. 128, n.5, p.57005, 2020.

COSCRATO, G. et al. Utilização de atividades lúdicas na educação em saúde: uma revisão integrativa da literatura. Acta paul. enferm., v. 23, n. 2, 2018.

COSTA, J. et al. Educação Básica Pública em Tempos de Pandemia: Um Ensaio Sobre a Garantia da Igualdade no acesso à Educação. ÚNICA cadernos acadêmicos, v. 3, n. 1, 2020.

DUTRA, A.; LOPES, A. L. C. G.; SANTOS, G. J. Produção do gênero panfleto com uso do programa, publishes: Proposta de trabalho com alunos do ensino fundamental. Revista do programa de pós-graduação, v. 16, n. 36, 2021.

DUARTE, A. L. A. et al. Higienização, o que mudou? Cadernos de Estágio, v. 2, n. 2, p. 147-159, 2020.

FREIRE, P. Pedagogia da Autonomia. Saberes necessários à prática educativa. 68ª edição. São Paulo: Paz & Terra, 2019.

GUERRA, L. et al. Higienização das mãos: utilização de uma câmara escura luminescente como recurso didático na prevenção do coronavírus. Revista Práxis, v. 12, n. 1, 2020.

GUIMARÃES, I. B. N. Hábitos e saberes acerca da higienização das mãos no âmbito escolar. 2020. 21 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Enfermagem) – Universidade Federal de Uberlândia, Uberlândia, 2020.

LÜDKE, M.; ANDRÉ, M.E.D.A. Pesquisa em Educação - Abordagens Qualitativas. 2ª edição. Grupo GEN, 2013.

MACEDO, R. M. Direito ou privilégio? Desigualdades digitais, pandemia e os desafios de uma escola pública. Estudos Históricos (Rio de Janeiro), v. 34, p. 262-280, 2021.

MARCONI, M. A.; LAKATOS, M. Fundamentos de Metodologia Científica. 9. ed. - São Paulo: Atlas, 2021.

MEDEIROS, K. É. G.; NICOLINI, C. Aprendizagem Histórica em Tempos de Pandemia. ESTUDOS HISTÓRICOS Rio de Janeiro, v. 34, n. 73, 2021.

MOUTA, A. A. N. et al. Saúde na escola: utilização do lúdico na educação básica para conscientização sobre a higienização pessoal e a prática da lavagem das mãos. Revista Eletrônica Acervo Saúde, n. 50, 2020.

NASCIMENTO, F. L.; TEIXEIRA, D. A. O. Ensino Remoto: O uso do Google Meet na Pandemia da COVID-19. Boletim de Conjuntura, v. l7, n. 19, 2021.

OLIVEIRA, S. M. L. et al. Resgate da Valorização da Higienização das Mãos em Tempos de Pandemia. Ensaios e Ciências Biológicas Agrárias e da Saúde, v. 25, n. 2, p. 206-213, 2021.

OLIVEIRA, V. H. N. “O antes, o agora e o depois”: alguns desafios para a educação básica frente à pandemia de covid-19. Boletim de Conjuntura (BOCA), v. 3, n. 9, p. 19-25, 2020.

PASINI, C. G. D.; CARVALHO, E.; ALMEIDA, L. H. C. A educação híbrida em tempos de pandemia: algumas considerações. FAPERGS, 2020.

PRODANOV, C.C.; FREITAS, E.C. Metodologia do Trabalho Científico: Métodos e Técnicas da Pesquisa e do Trabalho Acadêmico. 2ª Edição. Novo Hamburgo: Feevale, 2013.

ROCHA, M. B. (Re) Aprender a ensinar em tempos de Covid-19: discutindo os desafios na prática docente. Revista Práxis, v. 12, n. 1, 2021.

ROLIM, J. R. As contribuições da ludicidade para o desenvolvimento da leitura e escrita das crianças nos anos iniciais. 2012. 53f. Trabalho de Conclusão de Curso (Licenciatura em Pedagogia) - Centro de Formação de Professores, Universidade Federal de Campina Grande, Cajazeiras, Paraíba, Brasil, 2012.

SANTOS, R. P.; NASCIMENTO JÚNIOR, J. M. M.; DIAS, M. A. A. As dificuldades e desafios que os professores enfrentam com as aulas remotas emergencial em meio a pandemia atual. Educação Contemporânea, v. 9, p. 1-12, 2020.

SILVA, E. A. P.; ALVES, D. L. R.; FERNANDES, M. N. O papel do professor e o uso das tecnologias educacionais em tempos de pandemia. Cenas Educacionais, v. 4, p. e10740-e10740, 2021.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Campo do Saber

ISSN: 2447-5017

Centro Universitário Uniesp

Rodovia BR 230, Km 14, s/n, Morada Nova. Cabedelo - PB. CEP 58109-303