REBOCO DE GESSO NA CONSTRUÇÃO CIVIL: CONSIDERAÇÕES SOBRE PEGADA HÍDRICA

George Henriques de SOUZA, Márcia Suzana Dutra de ABREU, Marcelle Afonso Chaves SODRÉ, Tuanny da Silva MACIEL, José Martinho de Albuquerque SILVA, Maria Adriana de Freitas Mágero RIBEIRO

Resumo


A água é um dos componentes de maior importância na construção civil. Esse artigo trata sobre a Pegada Hídrica, ressaltando o consumo de água na produção do reboco de gesso na construção civil.  A construção civil é uma das áreas de maior consumo de água, visto que se devem buscar alternativas para minimizar o gasto com a água nas obras. Esse trabalho tem como objetivo fornecer dado comparativo do reboco apresentando ser viável no consumo de água. A Pegada Hídrica se divide em três componentes: azul, verde e cinzenta. A Pegada Hídrica azul se refere ao consumo de água subterrânea ou superficial ao longo da cadeia do produto ou do processo. Pegada Hídrica verde se refere ao consumo de água da chuva armazenada no solo como humidade.  A Pegada Hídrica cinzenta refere-se à poluição e é definida como o volume de água doce necessária para diluir a carga poluente com base nos padrões de qualidade de água existentes. A Pegada Hídrica vem ganhando destaque global sobre o desenvolvimento sustentável, impulsionada pela crescente demanda, degradação da qualidade de água e escassez hídrica.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Campo do Saber

ISSN: 2447-5017

Centro Universitário Uniesp

Rodovia BR 230, Km 14, s/n, Morada Nova. Cabedelo - PB. CEP 58109-303