POLÍTICAS DE PROTEÇÃO SOCIAL NO BRASIL: Estímulo a práticas de ginástica laboral e atividade física funcional como meio de apoio as políticas de saúde na melhoria das doenças ocupacionais.

Wellington Cavalcanti de Araújo, Jeane Odete Freire dos Santos Cavalcanti

Resumo


Nosso trabalho toma fôlego a partir do momento em que objetiva analisar como se dá a proteção social no Brasil e a parti dessa análise compreender de maneira mais intensa as políticas de saúde e propor meios de estimular a prática de ginástica laboral e atividades físicas como apoio fundamental a essas políticas de maneira a buscar um retorno social a população. Utilizamos escritos de autores como Aldaíza Sposat, Isabel Cavalcante Godinho, Teresa Cristina Moura Costa dentre outros autores. Como nosso principal objeto de estudo nos referiu ao trabalho e conseqüentemente ao trabalhador, que aqui é conceituado como qualquer individuo que realiza atividades sistematizadas para atingir metas, produzir produtos e ou serviços em troca de uma remuneração que promova condições básicas de saúde, alimentação, educação, lazer e moradia. Dessa forma faremos uma ênfase na possibilidade de colaborar com as políticas de saúde com visando oferecer estimulo a prática de ginástica laboral e atividade física funcional para as classes de trabalhadores do nosso país, Em virtude de que encontramos nessas atividades um viés de fortalecimento a condições de saúde conseqüente melhora na qualidade de vida do trabalhador a partir de mudanças no estilo de vida para um estilo de vida mais ativo.

Texto completo:

PDF


Revista Campo do Saber

ISSN: 2447-5017

Centro Universitário Uniesp

Rodovia BR 230, Km 14, s/n, Morada Nova. Cabedelo - PB. CEP 58109-303