ALCACHOFRA (CYNARA SCOLYMUS L., ASTERACEAE): UMA FONTE PROMISSORA DE ATIVIDADES BIOLÓGICAS

Thyago Moreira De Queiroz, Camila Figueiredo Gomes, Maria Angélica Sátyro Gomes Alves

Resumo


Em todo o mundo as plantas medicinais são utilizadas desde a antiguidade no tratamento de doenças humanas, sendo objeto de estudo na tentativa de descobrir novas fontes de obtenção de princípios ativos. O isolamento de substâncias de origem vegetal foi, e continua sendo uma importante fonte de obtenção de fármacos. Estima-se que cerca de vinte e cinco mil espécies de plantas são usadas em todo o mundo para produção de medicamentos A alcachofra (Cynara scolymus) é uma planta que tem sido utilizada por como adjuvante no processo de digestão. Atualmente, vários trabalhos demonstram que a alcachofra tem sido usada principalmente com as ações anti-oxidantes, hipocolesterolémicos e no tratamento de doenças do fígado. Esses efeitos biológicos podem ser derivados de componentes químicos presentes na alcachofra, tais como cinarina, ácido cafeico e luteolina. O extrato das folhas de alcachofra demonstra relativa segurança devido ao baixo grau de toxicidade, assim como poucos efeitos colaterais apresentados.

Texto completo:

PDF


Revista Campo do Saber

ISSN: 2447-5017

Centro Universitário Uniesp

Rodovia BR 230, Km 14, s/n, Morada Nova. Cabedelo - PB. CEP 58109-303