RESÍDUOS SÓLIDOS DAS EDIFICAÇÕES

Wesley da Silva Lima, Marco Aurélio Rodrigues de Melo

Resumo


A indústria da construção civil é uma das maiores consumidoras de recursos naturais e, também, geradoras de resíduos sólidos. Este trabalho objetiva apresentar panorama atual da situação ambiental no país e toda legislação ambiental baseada na Resolução n°307 da CONAMA. Cientes dos impactos ambientais gerados pela sua atuação e buscando a não geração de resíduos, as construtoras buscam medidas alternativas para projetos, materiais e processos sustentáveis, implementando reciclagem, reaproveitamento, como também procedimentos de gestão de resíduos. Os Resíduos Sólidos da Construção Civil são provenientes de construções, reformas, reparos e demolições de obras de construção civil, resultantes da preparação e da escavação de terrenos, também chamados de entulhos ou metralha. Podem ser classificadas de acordo com a origem, tipo de resíduo, composição química e periculosidade. A NBR 10004/04 da ABNT dispõe sobre a classificação dos resíduos sólidos quanto aos seus riscos potenciais ao meio ambiente e à saúde pública para que possam ser gerenciados adequadamente. Os resíduos sólidos da construção civil têm sido temas de estudo em diversos setores públicos e privados, onde investigam soluções sustentáveis para os diversos problemas da área ambiental. O aproveitamento dos resíduos contribui para a diminuição da poluição nas áreas urbanas, minimizando diversos riscos ambientais. Além disso, o entulho acumulado é vetor de doenças como a dengue, febre amarela e chamariz de insetos e roedores. Como uma das principais ações efetivas, a coleta seletiva em obras de construção civil, assim como é feito com resíduos urbanos, é utilizada como facilitadora na reciclagem e destinação dos resíduos das obras, reduzindo os impactos ambientais. Os resíduos de classe A e B são enviados para usinas de reciclagem, onde em agregados reciclados que são tratados até se transformar em agregados de diferentes dimensões. Os resíduos de tipo C devem ser separados e destinados de acordo com as normas técnicas especificam, assim como o do tipo C.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Campo do Saber

ISSN: 2447-5017

Centro Universitário Uniesp

Rodovia BR 230, Km 14, s/n, Morada Nova. Cabedelo - PB. CEP 58109-303