A IMPORTÂNCIA DA CONSCIENTIZAÇÃO NA ENGENHARIA CIVIL PARA PRESERVAÇÃO DA NATUREZA E SUSTENTABILIDADE DO PLANETA

Cleane Araujo Cruz, Marina Matias Barbosa Soares de Lucena, Tamyres Cristina Câmara de Sousa, Tuanny Maciel

Resumo


O engenheiro é um profissional do ramo da construção civil que mediante a sua criatividade, seus conhecimentos científicos e objetividade alcança a resolução de problemas técnicos, ele tem o papel importante na sociedade e no desenvolvimento do país, não só, aproximando cidades, promovendo felicidade, sendo responsável, defendendo o ambiente e seus recursos, mas também, utilizando sua ética em prol do bem comum. Para efetivação da área é preciso seguir um padrão estipulado pelas regulamentações como, o uso do título profissional e registros, atribuições profissionais e coordenação de suas atividades, responsabilidade e autoria, prosseguir de acordo com os órgãos fiscalizadores. Caso você vá contra os códigos de ética, tais como, objetivo da profissão, natureza da profissão, honradez da profissão, eficácia profissional, relacionamento profissional, liberdade e segurança profissionais e intervenção profissional sobre o meio ambiente estará sujeito a sanções presentes na lei, como, advertência reservada, censura pública, multa, suspensão temporária do exercício profissional, cancelamento definitivo do registro, punições as quais inseridas pelas câmaras especializadas. A engenharia está envolta de uma renovação em suas atividades que interferem diretamente suas funções e responsabilidades éticas, é a profissão que mais degrada o meio ambiente desmatando a flora e/ou extinguindo a fauna, gerando resíduos, descartando entulhos em lugares inapropriados, consumindo recursos naturais, além de, na fabricação dos materiais a poluição ultrapassa os limites tolerados em poeira e CO2, a ética ambiental em contraponto com este trabalho vem para mostrar a maneira do homem agir em relação á natureza, considerando que todos tem o dever na conscientização ecológica e é neste momento que não se pode pensar somente no lucro, em obter vantagens, o objetivo principal é transcender o um ciclo vicioso de deixar para se preocupar quando o problema já está em situações alarmantes, é o dever de o engenheiro solucionar as questões apresentadas fazendo uma junção não somente de suas funcionalidades, mas também de seus compromissos éticos, morais, suas regulamentações, leis e transmitir todos estes conceitos como indivíduo e engenheiro para uma obrigação com a natureza se apropriando de recursos sustentáveis como uma precaução e resolução. Exemplos ao qual amenizam a devastação provocada por este ofício são, redução do consumo energético, redução do consumo de água, reutilização, reciclagem e disposição de resíduos sólidos e educação ambiental atentando para garantir que haja práticas conscientes e uma mudança de paradigma na cidadania, criatividade, visão estratégica, iniciativa e liderança.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Campo do Saber

ISSN: 2447-5017

Centro Universitário Uniesp

Rodovia BR 230, Km 14, s/n, Morada Nova. Cabedelo - PB. CEP 58109-303