ESTUDO DE VIABILIDADE PARA CONSTRUÇÃO DE UMA EDIFICAÇÃO DESDE O ESTUDO PRELIMINAR: COMPARATIVO PARA DOIS TERRENOS EM BAIRRO POPULAR DA CIDADE JOÃO PESSOA-PB

Rômulo Medeiros Rodrigues da Costa, Keny Rodrigues Batista

Resumo


Com os altos e baixos da construção civil durante o século XXI e as fortes variações nos preços dos insumos no Brasil, mostra-se a necessidade da implementação de ferramentas do planejamento para o dia-dia das construções. O cronograma da obra é ferramenta que possibilita ao gestor da obra cumprir prazos, administrar tempo de execução e estudar capacidades financeiras e de serviços.  Desta forma é possível obter um olhar crítico sobre como irá acontecer o andamento da construção. O presente trabalho faz uma análise preliminar da viabilidade para uma construção localizada no Bairro de Mangabeira, João Pessoa-PB, integralizando as ferramentas do planejamento com o orçamento para gerar informações a serem usadas na tomada de decisão em executar a edificação. Para realização do trabalho inicialmente foi concebida uma pesquisa bibliográfica referente às etapas das obras a serem cumpridas, em seguida foram apresentados um cronograma geral e um orçamento a fim de disponibilizar a rentabilidade do empreendimento. Assim, a proposta do referente trabalho é fazer um estudo analítico a fim de posteriormente abrir espaço para que futuros profissionais da área disponham de uma base para elaboração de propostas comerciais.

 

Palavras-chave: Planejamento de obras; Cronograma; Orçamento; Construção.


Texto completo:

PDF

Referências


ANVERSA, Giseli Barbosa. Planilha PFUI: tudo que você precisa saber a respeito. Blog do SIENGE, 24 ago. 2020. Disponível em: https://www.sienge.com.br/blog/planilha-pfui/. Acesso em: 01 abr. 2022.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE INCORPORDORAS IMOBILIÁRIAS (ABRAINC). PIB da Construção Civil cresce 9,7% em 2021.Notícias, 04 mar. 2022. Disponível em: https://www.abrainc.org.br/construcao-civil/2022/03/04/pib-da-construcao-civil-cresce-97-em-2021/. Acesso em: 01 abr. 2022.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS (ABNT). NBR 5682/1977: Contratação, Execução e Supervisão de Demolições. Rio de Janeiro, 1977.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS (ABNT). NBR 12.284:1991: Áreas de Vivência em Canteiro de Obras. Rio de Janeiro, 1991.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS (ABNT). NBR 10545:2020: Placas cerâmicas – Parte 2: Determinação das dimensões e qualidade superficial. Rio de Janeiro, 2020a.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS (ABNT). NBR 13133/1994: Execução de levantamento topográfico. Rio de Janeiro, 1994.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS (ABNT). NBR ISO 13529:2013: Revestimento de paredes e tetos de argamassas inorgânicas. Rio de Janeiro, 2013.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS (ABNT). NBR ISO 13006:2020: Placas cerâmicas: Definições, classificação, características e marcação. Rio de Janeiro, 2020b.

ÁVILA, A. V. et al. Construção Civil III: Planejamento e Orçamentação de Obras. 2.ed. Florianópolis. 2003. Disponível em: https://repositorio.ufsc.br/handle/123456789/210029. Acesso em: 31 mar. 2022.

AZEREDO, Hélio Alves de. O edifício e sua cobertura. 2. ed. São Paulo: Edgar Blücher, 1977.

BRASIL. Ministério do Meio Ambiente. Resolução Conama Nº 237, de 19 de dezembro de 1997. Dispõe sobre a revisão e complementação dos procedimentos e critérios utilizados para o licenciamento ambiental. Publicada no Diário Oficial da União, Brasília, Nº 247, de 22 de dezembro de 1997, Seção 1, páginas 30841-30843. Disponível em: http://conama.mma.gov.br/?option=com_sisconama&task=arquivo.download&id=23. Acesso em: 29 mar. 2022.

BRASIL. Ministério do Trabalho e Emprego. Norma Regulamentadora Nº 18 – Condições e Meio Ambiente de Trabalho na Indústria da Construção. Brasília: Ministério do Trabalho e Emprego, 2020. Diário Oficial da União, Brasília, Ed. 29, Seção 1, p. 21, 11 fev. 2020a. Disponível em: https://www.gov.br/trabalho-e-previdencia/pt-br/composicao/orgaos-especificos/secretaria-de-trabalho/inspecao/seguranca-e-saude-no-trabalho/normas-regulamentadoras/nr-18-atualizada-2020-1.pdf. Acesso em: 25 mar. 2022.

BRASIL. Caixa Econômica Federal. Cartilha Habitação PF. Orientações para Clientes e Responsáveis Técnicos. Downloads, Habitação, Versão 03, set. 2021. Disponível em https://www.caixa.gov.br/Downloads/habitacao-documentos-gerais/cartilha-habitacao-PF-construcao-conclusao-reforma-ampliacao-de-unidades-habitacionais-SET-2021.pdf. 2021. Acesso em 28 mar. 2022

BRENTANO, Telmo. Instalações hidráulicas de combate a incêndios nas edificações. 3. ed. Porto Alegre: EDIPUCRS, 2007.

BRUCK, Nelson L. M. As dicas na edificação. Porto Alegre, Ed. D. C. Luzzato Ltda. RS, 1985.

CÂMARA BRASILEIRA DA INDÚSTRIA DA CONSTRUÇÃO (CBIC). PIB da construção fecha o ano com crescimento de 9,7%, a maior alta em 11 anos. Imprensa, Agência CBIC, Brasília, 04 mar. 2022. Disponível em: https://cbic.org.br/pib-da-construcao-fecha-o-ano-com-crescimento-de-97-a-maior-alta-em-11-anos/#:~:text=04%2F03%2F2022-,PIB%20da%20constru%C3%A7%C3%A3o%20fecha%20o%20ano%20com%20crescimento%20de%209,sexta%2Dfeira%20(4). Acesso em: 01 abr. 2022.

CAMPOS, V.F. TQC: Controle da Qualidade Total (no Estilo Japonês). 2. ed. Belo Horizonte: Fundação Christiano Ottoni, 1992. (Rio de Janeiro; Bloch Ed.)

CAZELATO, Fernanda Faria. Análise da correlação entre atrasos de cronograma e retrabalhos em obras de edifício de múltiplos apartamentos na região metropolitana de Curitiba. 2014. 42f. Monografia (Especialização em Gerenciamento de Obras) - Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Curitiba, 2014. Disponível em: http://repositorio.utfpr.edu.br:8080/jspui/bitstream/1/19040/2/CT_GEOB_XIX_2014_03.pdf. Acesso em: 29 mar. 2022.

CONSELHO REGIONAL DE ENGENHARIA E ARQUITETURA DE PERNAMBUCO (CREA-PE). Construção civil movimenta R$ 288 bilhões em 2019. Recife, 2021. Disponível em: https://www.creape.org.br/construcao-civil-movimenta-r-288-bilhoes-em-2019/. Acesso em: 31 mar. 2022.

DINIZ, Savia Aparecida; SOARES, Tayline Marcia. A influência da etapa Preliminar no Custo do Projeto. Orientador: Joildo Fernandes da Costa Júnior. 2015. 104p. Monografia (Bacharel em Engenharia Civil) - ITC - Instituto Tecnológico de Caratinga, Caratinga. 2015. Disponível em: https://dspace.doctum.edu.br/bitstream/123456789/1183/1/Monografia%20Protocolada%20%20Tailyne%20e%20S%c3%a1via.pdf. Acesso em: 29 mar. 2022.

DI PIERRO, Vitoria. O que é ART/RRT. Blog Instacasa,18 mar. 2020. Disponível em: https://blog.instacasa.com.br/o-que-e-art-rrt/. Acesso em: 01 abr. 2022.

ESPINHA, Roberto Gil. Gráfico de Gantt: o que é, para que serve e como fazer. Blog Artia, 15 fev. 2021. Disponível em: https://artia.com/blog/grafico-de-gantt-o-que-e-para-que-serve-e-como-montar-o-seu/. Acesso em: 29 mar. 2022.

FERNANDES, Ivan Ricardo. Engenharia de segurança contra incêndio e pânico. Curitiba: CREA-PR, 2010.

FERREIRA, R. C. Comparação aplicada entre as técnicas de planejamento CPM e LOB (Line of Balance). 2011. Dissertação (Mestrado Integrado em Engenharia Civil) - Faculdade de Engenharia da Universidade do Porto, 2011.

FIGUEIREDO, Aurélia Lunguinho; ROSA, Luciene Gonçalves. O Licenciamento Ambiental Como Instrumento da Gestão Ambiental Municipal. In: CONGRESSO BRASILEIRO DE GESTÃO AMBIENTAL E SUSTENTABILIDADE (CONGESTAS), 2017, Campina Grande. Anais [...] Vol. 5. Campina Grande, Revista Brasileira de Gestão Ambiental, 2017. p. 25-32. Disponível em: http://eventos.ecogestaobrasil.net/congestas2017/trabalhos/pdf/congestas2017-et-01-001.pdf. Acesso em: 01 abr. 2022.

FONSECA, Augusto Virginio Mascarenhas de; MIYAKE, Dário. Uma análise sobre o ciclo PDCA como um método para solução de problemas de qualidade. In: Encontro Nacional de Engenharia de Produção (ENEGEP), 26, 2006, Fortaleza. Anais [...]. Fortaleza, 2006. Disponível em: https://www.researchgate.net/profile/Dario-Miyake/publication/242782493_Uma_analise_sobre_o_Ciclo_PDCA_como_um_metodo_para_solucao_de_problemas_da_qualidade/links/0c96053469f796709c000000/Uma-analise-sobre-o-Ciclo-PDCA-como-um-metodo-para-solucao-de-problemas-da-qualidade.pdf. Acesso em: 01 abr. 2022.

GONZAGA, Amanda. CNO: o que é e como funciona o Cadastro Nacional de Obras. Papo de engenheiro - Orçafascio, 19 ago. 2021. Disponível em: https://www.orcafascio.com/papodeengenheiro/cno/. Acesso em: 30 mar. 2022.

GONZAGA, Amanda. Saiba Como Captar Clientes na Construção Civil. Papo de engenheiro - Orçafascio, 19 abr. 2021. Disponível em: https://www.orcafascio.com/papodeengenheiro/saiba-como-captar-clientes-na-construcao-civil/. Acesso em: 01 abr. 2022.

GHAFAR, Habib Abdel Rhade Abdel. Cronograma de Uma Obra: Análise e Sugestões. Orientador: MSC. Fabricio Nascimento Silva. 2017. 39p. Monografia (Bacharel em Engenharia Civil) - Unievangelica, Anápolis, 2017. Disponível em: http://repositorio.aee.edu.br/bitstream/aee/912/1/20172_TCC_Habib.pdf. Acesso em: 29 mar. 2022.

GROSBELLI, Andressa Carla. Proposta de melhoria contínua em um almoxarifado utilizando a ferramenta 5W2H. 2014. 52 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação) – Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Medianeira, 2014.

HASSAN, O. A. B. Building Acoustics and Vibration: theory and practice. London: World Scientific Publishing Company, 2009 apud TUKITIAN, B. F et al. Análise comparativa do desempenho acústico de sistemas de fachada com esquadrias de PVC com persiana e diferentes tipos de vidros em ensaios de laboratório, 2014. v. 14, n. 4, p. 135-145. Artigo (Programa de Pós-graduação em Engenharia Civil) – Universidade Vale do Rio dos Sinos. São Leopardo. 2014. Disponível em: https://www.scielo.br/j/ac/a/pg5XsRFVJbW8Yfq8ymTt5bJ/?format=pdf〈=pt. Acesso em: 29 mar. 2022.

HERNANDES, Fernando Santos. Análise da Importância do Planejamento de Obras Para Contratantes e Empresas Construtoras. 2002. 161f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil, Construção Civil) - Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2002.

ISATTO, E.L.; et al. Lean Construction: Diretrizes e Ferramentas para o Controle de Perdas na Construção Civil. Porto Alegre, Edição SEBRAE/RS, 2000 apud AZEVEDO, Rafael Ravera. Proposta de integração dos processos de aquisição e execução do cronograma da obra. 2017. Monografia (Especialização em Gerenciamento de Obras) Universidade Tecnológica Federal do Paraná. Curitiba. 2017. Disponível em: http://repositorio.utfpr.edu.br/jspui/handle/1/19170. Acesso em: 29 mar. 2022.

LIMA, Thaís Damasceno. A crise de 2008 e seus efeitos na economia brasileira.

Revista Cadernos de Economia, Chapecó, v. 17, n. 32, p. 52-65, jan./jun. 2013.

LIMMER, Carl V. Planejamento, Orçamentação e Controle de Projetos e Obras. Rio de Janeiro: LTC, 1996.

MARTINS, Albano Joaquim Gomes. Estudo da durabilidade dos revestimentos de piso. 2012a. Dissertação (Mestrado Integrado em Engenharia Civil) – Faculdade de engenharia da Univerdade do Porto, Portugal, 2012. Disponível em: https://hdl.handle.net/10216/65336

MARTINS, Gabriel Costa. Verificação do índice SINAPI para orçamento de obras. 2012b. 90 f. Trabalho de Graduação (Graduação em Engenharia Civil) – Faculdade de Engenharia do Campus de Guaratinguetá, Universidade Estadual Paulista, Guaratinguetá, 2012.

MATTOS, Aldo Dórea. Como preparar orçamentos de obras. 3. ed. São Paulo: Oficina de Textos, 2019a.

MATTOS, Aldo Dórea. Planejamento e controle de obras. 2. ed. São Paulo: Oficina de Textos, 2019b.

MELO, Carlos David Rodrigues. Estudo do colapso progressivo de pórticos planos de concreto armado via análise não linear. 2015. 105f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil: Estruturas e Construção Civil) – Centro de Tecnologia, Universidade Federal do Ceará, Fortaleza, 2015.

MIRANDA, Carlos Roberto; DIAS, Carlos Roberto. PPRA/PCMSO: auditoria, inspeção do trabalho e controle social. Cad. Saúde Pública, Rio de Janeiro, 20(1):224-232, jan-fev, 2004.

MORAES, Luis Carlos. Licenciamento Ambiental: Do Programático ao Pragmático, Revista Sociedade & Natureza, Uberlândia, p. 215-226, mai./ago. 2016. Disponível em: https://www.scielo.br/j/sn/a/4xGzr57xSY7Dz5Bsh4JxyJK/?format=pdf〈=pt.Acesso em: 25 mar. 2022.

NÓBREGA, Maria de Magdala el al. Uso da técnica de brainstorming para tomada de decisões na equipe de enfermagem de saúde pública. Revista Brasileira de Enfermagem, v. 50, p. 247-256, 1997.

OLIVEIRA, B. B. et al. Jogos didáticos para ensino de linha de balanço na Engenharia Civil. Revista Research, Society and Development, v. 9, n. 7, p. e525974425-e525974425, 2020. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/4425. Acesso em: 01 abr. 2022.

OLIVEIRI, H et al. Planejamento tradicional, Location-Based Management System e Last Planner System: um modelo integrado. Revista Ambiente Construido. v.16, n. 19, p. 265-283, 01 jan. 2016. Disponível em: https://www.scielo.br/j/ac/a/hgNBcP7YfBXVYpzV3QsCkrJ/?format=pdf〈=pt. Acesso em: 01 abr. 2022.

PAIXÃO, Luciana. O Pequeno grande guia de Aprovação de Projetos de Prefeitura. 2017 apud DOS SANTOS, Gabriel Pereira et al. Procedimentos Preliminares Para Construção de uma Residência Unifamiliar no Município de Mineiros–GO. In: Colóquio Estadual de Pesquisa Multidisciplinar (ISSN-2527-2500) & Congresso Nacional de Pesquisa Multidisciplinar. 2019. Anais [...]Disponível em: https://unifimes.edu.br/ojs/index.php/coloquio/article/view/831/817. Acesso em: 01 abr. 2022.

PARAÍBA. Lei Estadual nº 9.625, de 27 de dezembro de 2011. Institui o Código Estadual de Proteção Contra Incêndio, Explosão e Controle de Pânico e dá outras providências. Diário Oficial do Estado, João Pessoa, PB, Nº 14.825, p 1-22, 28 dez. 2011. Disponível em: https://bravo.bombeiros.pb.gov.br/portal/normas-tecnicas/. Acesso em: 29 mar. 2022.

PEREIRA, Caio. Alvenaria de Vedação – Vantagens e Desvantagens. Escola

Engenharia, 2018. Disponível em: https://www.escolaengenharia.com.br/alvenaria-de-vedacao/. Acesso em: 29 mar. 2022.

PINTO, T. P. Perdas de materiais em processos construtivos tradicionais. São Carlos: Universidade Federal de São Carlos / Depto de Engenharia Civil, 1989 apud SOIBELMAN, Lucio. As perdas de materiais na construção de edificações: sua incidência e seu controle. 1993. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil: Construção Civil) – Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 1993. Disponível em: https://www.lume.ufrgs.br/handle/10183/1701. Acesso em: 31 mar. 2022.

ROCHA, Ariane Araújo; DE CASTRO, Nara Linhares Bordes. A importância do planejamento na construção civil. Techoje, Belo Horizonte: IETEC – Instituto de Educação Tecnológica. Disponível em: http://www.techoje.com.br/site/techoje/categoria/detalhe_artigo/1773. Acesso em: 31 mar. 2022.

RODRIGUES, Jean Marrie de Oliveira. Mangabeira: do comércio de bairro a um subcentro da cidade de João Pessoa-PB. Monografia (Bacharel em Geografia) –

Universidade Federal da Paraíba Biblioteca Setorial do CCEN, João Pessoa, p. 58, 2016. Disponível em: https://repositorio.ufpb.br/jspui/bitstream/123456789/1068/1/JMOR23082016.pdf. Acesso em: 25 mar. 2022.

SANTOS, Altair. Retrabalho é patologia do processo de construção. Blog Massa Cinzenta, Cimento Itambé, 01 ago. 2013. Disponível em: https://www.cimentoitambe.com.br/massa-cinzenta/retrabalho-e-patologia-do-processo-de-construcao/. Acesso em: 01 abr. 2022.

SALGADO, Júlio César Pereira. Técnicas e práticas construtivas: da implantação ao acabamento. São Paulo: Érica, 2014.

SALOMÃO, P. E. A.; JAHEL, R. S. Impact of solo surfacing on the value of the Project, 2019 apud VIEIRA. M. N. A. et al. Modelagem de propriedades geológico-geotécnicas em solos de Belém do Pará. Revista Research, Society and Development. [S. l.], v. 8, n. 12, p. e038121367, Belém. 2021. DOI: 10.33448/rsd-v8i12.1367. Disponível em: https://rsdjournal.org/index.php/rsd/article/view/1367. Acesso em: 25 mar. 2022.

SCARDOELLI, Lisiane S.; SILVA, Maria F. S.; FORMOSO, Carlos T.; HEINECK, Luiz F. M.; Melhorias de Qualidade e produtividade, Porto Alegre, 1994. apud HERNANDES, Fernando Santos. Análise da Importância do Planejamento de Obras Para Contratantes e Empresas Construtoras. 2002. 161f. Dissertação (Mestrado em Engenharia Civil, Construção Civil) - Universidade Federal de Santa Catarina, Florianópolis, 2002.

SILVA, Elvan. Uma introdução ao projeto arquitetônico. Porto Alegre, 1 Ed. (Editora da Universidade Federal do Rio Grande do Sul), 1983. Disponível em: https://pt.scribd.com/doc/275316011/SILVA-Elvan-Uma-Introducao-Ao-Projeto-Arquitetonico. Acesso em: 25 mar. 2022.

SILVA, Maria Angelica Colvelo. Alternativas tecnológicas à produção habitacional: A racionalização como fator de competitividade In: Simpósio de desempenho de materiais e componentes de construção civil - qualidade e competitividade na indústria da construção civil, 3., 1991, Florianópolis.Tese (Doutorado). Florianópolis. UFSC, 1991. 138p. ref. 13-20.

TAVARES, Rosana. A Estrutura do Financiamento das Empresas Brasileiras Abertas do Setor de Construção Civil Incorporadas de Empreendimentos Imobiliários: Um Estudo Comparativo. Tese (Doutorado em Administração e Contabilidade). Elaboração Pela Seção de Processamento Técnico do SBD/FEA/USP, São Paulo, p. 160, 2008. Disponível em: https://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/12/12139/tde-01072008-104954/publico/TESEdef.pdf. Acesso em: 25 mar. 2022.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Acta Scientia

ISSN: 2596-2078

Centro Universitário Uniesp

Rodovia BR 230, Km 14, s/n, Morada Nova. Cabedelo - PB. CEP 58109-303