GILBERT DURAND, O IMAGINÁRIO COLETIVO E A BRUXA

Elle Beethoven S. Resende, Carlos André Macêdo Cavalcanti

Resumo


A arte católica romana é uma arte ditada pela formulação conceptual de um dogma. Não reconduz a uma iluminação, “ilustra” simplesmente as verdades da Fé dogmaticamente definidas. Dizer que a catedral gótica é uma “bíblia de pedra” não implicaria de certo, que seja feito uma interpretação livre, que a Igreja recusaria para a própria bíblia escrita.  Para Durand (1995), essa expressão significa simplesmente que a cultura, o vitral, o afresco, são ilustrações da interpretação dogmática do Livro (DURAND, 1995, p. 37).


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


ISSN: 2447-5017