ENSINAR E APRENDER: SIMULADORES DE REALIDADE VIRTUAL EM REANIMAÇÃO NEONATAL

Ana Carolina Costa de Oliveira, Bruno Henrique Fiorin, Messias Rafael Batista, Marcelo Fernandes de Sousa

Resumo


Objetivo: avaliar a utilização de simuladores de realidade virtual em reanimação neonatal auxilia o processo de ensino-aprendizagem de profissionais da área da saúde. Método: Revisão integrativa realizada na Biblioteca Virtual em Saúde entre os meses de junho e julho de 2021. Selecionados74 artigos, dos quais seis atenderam aos critérios de elegibilidade. Resultados: Os estudos selecionados foram publicados na Austrália, França, Reino Unido e Alemanha visando a geração do conhecimento por meio da utilização de técnicas de simulação usando-se da tecnologia e de métodos tradicionais. Assim, pode-se afirmar que a utilização da simulação através da tecnologia é viável, flexível, agradável para o ensino e a aprendizagem de estudante e profissionais da área da saúde em reanimação de acordo com 75% dos achados encontrados. Conclusão: O uso da realidade virtual para treinamento de profissionais da saúde no processo de reanimação neonatal vem sendo aplicado como ferramenta de aprimoramento da prática de ensino, trazendo melhores resultados a cada aplicação.

 

Palavras-chave: Aprendizagem; Ensino; Neonatal; Ressuscitação; Realidade virtual.


Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, Maria Fernanda Branco de et al. Early neonatal deaths associated with perinatal asphyxia in infants≥ 2500 g in Brazil. Jornal de pediatria, v. 93, p. 576-584, 2017.

ARPEN, Brasil. Óbitos desconhecidos. [S. l.]: CNJ, 2020. Disponível em: https://transparencia.registrocivil.org.br/obitos-desconhecidos. Acesso em: 10 ago. 2021.

BENCH, Suzanne; WINTER, Colin; FRANCIS, Gary. Use of a virtual reality device for basic life support training: prototype testing and an exploration of users' views and experience. Simulation in Healthcare, v. 14, n. 5, p. 287-292, 2019.

BOHRER, Betânia Barreto de Athayde. Simulação. In: BOHRER, Betânia Barreto de Athayde. Ensino de reanimação neonatal para acadêmicos de medicina com simulação e debriefing audiovisual: uma proposta de inovação. Orientador: Paulo Roberto Antonacci Carvalho. 2018. Tese (Doutorado do Programa de Pós-Graduação em Saúde da Criança e do Adolescente) - Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Porto Alegre, 2018. p. 63.

BULITKO, Vadim et al. RETAIN: a neonatal resuscitation trainer built in an undergraduate video-game class. arXiv preprint arXiv:1507.00956, 2015.

CEZAR, Pedro Henrique Netto, et al.Transição paradigmática na educação médica: um olhar construtivista dirigido à aprendizagem baseada em problemas. Revista Brasileira de Educação Médica 34.2, 2010.

CLARK LJ, WATSON J, COBBE SM, REEVE W, Swann IJ, Macfarlane PW. CPR ’98: a practical multimedia computer-based guide to cardiopulmonary resuscitation for medical students. Resuscitation, 2000.

COOPER J.B., TAQUETI V. R. A brief history of the development of mannequin simulators for clinical education and training. Postgrad Med J. 2008;84(997):563-70.

GAMBOA, Oscar Andrés et al. Evaluation of two strategies for debriefing simulation in the development of skills for neonatal resuscitation: a randomized clinical trial. BMC research notes, v. 11, n. 1, p. 1-5, 2018.

GANDRA, H.; COSTA, M.; LIMA, C.; ZAVALETA, J.Uma experiência de informática aplicada à educação com alunos de licenciatura em matemática da universidade federal do Rio de Janeiro UFRJ. In: VIII Encontro Nacional de Educação Matemática, 2004, Recife. Anais do VIII Encontro Nacional de Educação Matemática, 2004.

GHOMAN, Simran K. et al. Serious games, a game changer in teaching neonatal resuscitation? A review.Archives of Disease in Childhood-Fetal and Neonatal Edition, p. fetalneonatal-2019-317011, 2019.

GOECKS, Rodrigo. Educação de adultos: Uma abordagem andragógica, 2003. Disponível em: https://docplayer.com.br/21613692-Educacao-de-adultos-uma-abordagem-andragogica.html. Acesso em: 10 Ago. 2021.

GUINSBURG, Ruth; ALMEIDA, Maria Fernanda Branco de. Manual de Reanimação Neonatal. 7. Ed. São Paulo: Associação Paulista para o Desenvolvimento de Medicina, 2018.LUDLOW, Barbara L. Virtual reality: Emerging applications and future directions. Rural Special Education Quarterly, v. 34, n. 3, p. 3-10, 2015.

HARTNETT, Maggie e GEORGE, Alison St e DRON, Jon. Exploring motivation in an online context: A case study. Contemporary Issues in Technology and Teacher Education, v. 14, n. 1, p. 31–53, 2014.

JACHO, L. et al. Semi-immersive virtual reality system with support for educational and pedagogical activities. In: Emerging eLearning Technologies and Applications (ICETA), 2014 IEEE 12th International Conference on. IEEE, 2014. p. 199-204.

KIM, Seahak; BERKLEY, J. J.; SATO, M. A novel seven degree of freedom haptic device for engineering design. Virtual Reality, v. 6, n. 4, p. 217-228, 2003.

KIZAKEVICH, Paul N. et al. Virtual medical trainer. Patient assessment and trauma care simulator. Studies in health technology and informatics, v. 50, p. 309-315, 1998.

LINO, F. S.; Carvalho, N.A.R; SANTOS, J. D. M.; Moura, E.C.C; ROCHA, S.S; Silva, R.S.S. A utilização da simulação no contexto da reanimação neonatal. REVISTA UNINGÁ,v. 53, p. 134, 2017.

MACÊDO, N. M.; OLIVEIRA, A. C. C.; M-Learning: identificação dos impactos da utilização do software Geplanes no processo de ensino-aprendizagem da gestão estratégica. In: XXXIV Encontro Nacional de Engenharia de Produção, Curitiba, 2014.

MARGARIDO, Martim César. Desenvolvimento de um sistema háptico com feedback de temperatura. p. 62, 2018.

MARSHALL, Helene A. Serious gaming for neonatal resucitation skills maintainance. International Journal of Integrated Care (IJIC), v. 14, 2014.

MINISTÉRIO DA SAÚDE. MS/SVS/CGIAE: Sistema de Informações sobre Mortalidade - SIM. Tecnologia da Informação a Serviço do SUS, 2019. Disponível em: http://tabnet.datasus.gov.br/cgi/tabcgi.exe?sim/cnv/fet10uf.def. Acesso em: 10 ago. 2021.

MORAES, Ronei Marcos; MACHADO, Liliane S. Simultaneous assessment of teams in collaborative virtual environments using Fuzzy Naive Bayes. In: IFSA World Congress and NAFIPS Annual Meeting (IFSA/NAFIPS), 2013 Joint. IEEE, 2013. p. 1343-1348.

NIERMEYER S. from the neonatal ressuscition Program to Helping Babies Breathe: Global impact of educactional programs in neonatal ressucition. Semin Fetal Neonatal Med. 2015.

O’CURRAIN, Eoin; DAVIS, Peter G.; THIO, Marta. Educational perspectives: toward more effective neonatal resuscitation: assessing and improving clinical skills. Neoreviews, v. 20, n. 5, p. e248-e257, 2019.

OLIVEIRA, Ana Carolina Costa de. REANIME: simulador de realidade virtual para avaliação de treinamento em reanimação neonatal. Orientador: João Agnaldo do Nascimento e Sérgio Ribeiro dos Santos. 2020. 123 p. Tese (Doutorado do Programa de Pós-graduação em Modelos de Decisão e Saúde) - Universidade Federal da Paraíba, João Pessoa, 2020.

ONU: 7 mil recém-nascidos morrem por dia no mundo. ONU Brasil. Disponível em: . Acesso em: 9 ago 2018., 20 out 2017.

ORTIZ, Daniel et al. Resuscitation from hemorrhagic shock using polymerized hemoglobin compared to blood. The American journal of emergency medicine, v. 32, n. 3, p. 248-255, 2014.

OUVERNEY-KING, Jamylle Rebouças; DE OLIVEIRA, Ana Carolina Costa; CASTRO, Maria das Graças Amorim. Brincar de aprender; ferramentas interdisciplinares no ensino da ortografia. Revista Principia, v. 1, n. 30, p. 121-131, 2016.

PANDRANGI, Vivek C. et al. The Application of Virtual Reality in Patient Education.Annals of vascular surgery, 2019.

PERIM, Paula Campos. Análise da associação entre via de parto e condições clínicas perinatais à luz das políticas públicas materno-infantis. Orientador: Janine Pereira da Silva. 2020. 73 p. Dissertação (Mestrado do Programa de Pós-graduação em Políticas Públicas e Desenvolvimento Local) - Escola Superior de Ciências da Santa Casa de Misericórdia de Vitória, Vitória, 2020.

PERKINS, Gavin D. Simulation in resuscitation training. Resuscitation 3.2 (2007): 202-211.

PSOTKA, Joseph. Immersive training systems: Virtual reality and education and training. Instructional science, v. 23, n. 5-6, p. 405-431, 1995.

RODRIGUES, Rita de Cassia Vieira; PERES, Heloisa Helena Ciqueto. Desenvolvimento de Ambiente Virtual de Aprendizagem em Enfermagem sobre ressuscitação cardiorrespiratória em neonatologia. Revista da Escola de Enfermagem da USP, v. 47, n. 1, p. 235-241, 2013.

RUBIO-TAMAYO, Jose Luis; BARRIO, Manuel Gertrudix; GARCÍA GARCÍA, Francisco. Immersive environments and virtual reality: Systematic review and advances in communication, interaction and simulation. Multimodal Technologies and Interaction, v. 1, n. 4, p. 21, 2017.

SANTOS, Álvaro Silva; CUBAS, Marcia Regina. Saúde Coletiva: Linhas de Cuidado e Consulta de Enfermagem. Elsevier Brasil, 2012.

SIQUEIRA, Victor da silva et al. Utilização da metodologia ativa de ensino na capacitação de intubação orotraqueal em paciente com Covid-19 em uma Universidade Federal de Ensino. RAÍZES E RUMOS, v. 8, n. 2, p. 80-97, 2020.

SLAVOV, Ricardo; PIMENTA, Maria Alzira A. Avaliação formativa no ensino híbrido.CIET: EnPED, 2018.

SOCIETY FOR SIMULATION IN HEALTHCARE. Society for Simulation in Healthcare - About Simulation. 2018. Disponível em: http://www.ssih.org/AboutSimulation Acesso em: 10 Ago. 2021.

SOUZA, Marcela Tavares de; SILVA, Michelly Dias da; CARVALHO, Rachel de. Revisão integrativa: o que é e como fazer. Einstein (São Paulo), v. 8, p. 102-106, 2010.

TAVARES, J.; ALARCÃO, I. Psicologia do desenvolvimento e da aprendizagem (5.ª imp.). Coimbra: Livraria Almedina, 1999.

UMOREN R, Gray M, CHITKARA R, et al. Pre-course preparation with eSim computer-based simulation improves NRP provider performance on standardized simulations.Baltimore, MD, USA:Pediatric Academic Societies,2019.

VALENTE, José Armando et al. O computador na sociedade do conhecimento. Campinas: Unicamp/NIED, v. 6, 1999.

VALENTE, José Armando; ALMEIDA, Fernando José. Visão analítica da informática na educação no Brasil: a questão da formação do professor. Brazilian Journal of Computers in Education, v. 1, n. 1, p. 45-60, 1997.

VYGOTSKY, L. S. Pensamento e linguagem. Rio de Janeiro: Martins Fontes, 1998.

WANG, Jinling; LU, Wen F. Development of a haptic modeling and simulation system for handheld product design and evaluation. In: ASME 2009 International Design Engineering Technical Conferences and Computers and Information in Engineering Conference. American Society of Mechanical Engineers Digital Collection, 2009. p. 1373-1382.

WILLIAMS J, JONES D, WALKER R. Consideration of using virtual reality for teaching neonatal resuscitation to midwifery students.Nurse education in practice. 2018.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Acta Scientia

ISSN: 2596-2078

Centro Universitário Uniesp

Rodovia BR 230, Km 14, s/n, Morada Nova. Cabedelo - PB. CEP 58109-303