ESTUDO COMPARATIVO DE PAVIMENTO RÍGIDO X PAVIMENTO FLEXÍVEL ATRAVÉS DA ANÁLISE DE SOLO NA PB 008

Luiz Florival Cipriano, Raynner Cristhofer Santos Lima, Kelen Cristina Crivelaro Silvestre

Resumo


Atualmente, as baixas condições da malha rodoviária do Brasil têm se tornado um ambiente de muitas pesquisas em relação à qualidade dos pavimentos e principalmente a discussão sobre o melhor tipo de pavimento para ser utilizado em uma região, o pavimento flexível ou o pavimento rígido. Os dois pavimentos possuem características distintas, sendo hoje, o pavimento flexível por seu baixo custo de implementação comparado ao pavimento rígido, o mais utilizado no Brasil. Porém essa escolha tornou a malha rodoviária mais vulnerável as condições ambientais de temperatura junto a um considerável aumento no tráfego de veículos nas rodovias brasileiras. O tipo de solo daquela região pode influenciar diretamente na escolha do tipo de solo, ou seja, um estudo bem elaborado sobre o solo pode ajudar a diagnosticar e tratar de forma eficaz e ajudar na eficiência dos pavimentos utilizados na malha rodoviária do Brasil. Neste trabalho foi desenvolvido um estudo especifico sobre a tipologia do solo da Rodovia PB 008 e sua influência na análise e desenvolvimento de uma comparação sobre qual o melhor tipo de pavimento para ser implementado naquela região, levando em consideração a viabilidade socioeconômico, o impacto do tipo de solo para a construção da rodovia e o fluxo de veículos na rodovia. Para chegar às considerações finais foram feitos vários ensaios regidos por norma para distinguir o tipo de solo, sua granulometria, sua eficiência quanto à umidade e sua plasticidade. Nos resultados foi diagnosticado que o tipo de solo daquela região é composto majoritariamente por areia do tipo fina, tendo mudança na coloração e uma pequena quantidade de argila na sua composição em um dos pontos onde foram coletadas as amostras.

 

Palavras-chave: pavimento; solo, malha rodoviária; PB 008; rodovias.

 


Texto completo:

PDF

Referências


ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 6457: Solo – Preparação de Amostras. Rio de Janeiro, 2016.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 6459: Solo - Limite de Liquidez. Rio de Janeiro, 2016.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 7180: Solo – Determinação do Limite de Plasticidade. Rio de Janeiro, 2016.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 7181: Solo – Análise Granulométrica. Rio de Janeiro, 2016.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 7182: Solo – Ensaio de Compactação. Rio de Janeiro, 2016.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 7207: Terminologia e classificação de pavimentação. Rio de Janeiro, 1982.

ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE NORMAS TÉCNICAS. NBR 9895: Solo - Índice de suporte Califórnia (ISC) - Método de ensaio. Rio de Janeiro, 2016.

BALBO, J. T. Pavimentos de concreto. São Paulo: Oficina de textos, 2009.

BERNUCCI, L. B.; MOTTA L. M. G.; CERATTI, J. A. P.; SOARES, J. B. . Pavimentação asfáltica: formação básica para engenheiros. 3. ed. Rio de Janeiro: Petrobras, Abeda, 2010.

CAPUTO, H. P.; CAPUTO, A. N.; RODRIGUES, M. A. Mecânica dos solos e suas aplicações: mecânica das rochas, fundações e obras da terra. 7. ed. Rio de Janeiro: Ltc, 2017.

CAPUTO, H. P. Mecânica dos solos e suas aplicações: Fundamentos. 5. Ed. Rio de Janeiro: Ltc, 1983.

CAPUTO, H. P. Mecânica dos Solos e Suas Aplicações. 6. ed. Rio de Janeiro: Livros Técnicos e Científicos, 1988.

Centro de convenções de João Pessoa. Disponível em: https://earth.google.com/web. Acesso em: 09 de abril de 2021.

CONFEDERAÇÃO NACIONAL DE TRANSPORTES. Pesquisa CNT de Rodovias. 2019. Disponível em: https://pesquisarodovias.cnt.org.br/downloads/ultimaversao/gerencial.pdf. Acesso em: 06 abr. 2021

DAS, B. M. Fundamentos de Engenharia Geotécnica. São Paulo: Thomson Learning, 2007.

DNIT. Manual de pavimentação. 3.ed. – Rio de Janeiro, 2006. 274p. (IPR. Publ., 719).

Empresa de Planejamento e Logística S.A. Disponível em: https://www.epl.gov.br/. Acesso em 09 de abril de 2021.

MEDINA, J.; MOTTA, L. M. G. Mecânica dos Pavimentos. 3. ed. Rio de Janeiro: Interciência, 2015.

Ministério da Infraestrutura. Rodovias Federais. Disponível em: https://antigo.infraestrutura.gov.br/RODOVIAS. Acesso em: 07 mai de 2021.

NEVES, C. M. M.; FARIA, O. B.; ROTONDARO, R.; CEVALLOS, P. S.; HOFFMANN, M. V. (2009). Seleção de solos e métodos de controle na construção com terra – práticas de campo. Rede Ibero-americana PROTERRA. Disponível em http://www.redproterra.org. Acessado em 10/maio/2021.

PAVIBRAS. Sondagem rotativa, c2017. Disponível em: http://pavibras.eng.br/sondagens/. Acesso em: 10 de abril de 2021.

PINTO, C.S. Curso Básico de Mecânica dos Solos. Oficina de Textos. 3.ed. São Paulo, 2006.

SERVIÇO GEOLÓGICO DO BRASIL – CPRM. Mapa online, 2020. Disponível em: https://www.cprm.gov.br/. Acesso em: 12 de novembro de 2020.

SILVA, P. F. A. Manual de patologia e manutenção de pavimentos. 2. ed. São Paulo: Pini, 2008.

SNV - Sistema Nacional de Viação. Nova versão do sistema Nacional de Viação. Disponível em:https://www.gov.br/dnit/pt-br/assuntos/noticias/nova-versao-do-sistema-nacional-de viacao-snv-foi-publicada-no-site-do-dnit. Acesso em: 06 de maio 2021.

SOUZA, M. L. de. Pavimentação rodoviária. Rio de Janeiro: Livros Técnicos e Científicos. 2 ed. São Paulo, LTC, 1980.

Suporte, sondagem e investigações. Análise granulométrica do solo: ensaios geotécnicos. Disponível em: https://www.suportesolos.com.br/blog/analise-granulometrica-do-solo-ensaios-geotecnicos-o-objetivo-e-as-fracoes-de-solo/71/. Acesso em: 15 de maio de 2021.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Acta Scientia

ISSN: 2596-2078

Centro Universitário Uniesp

Rodovia BR 230, Km 14, s/n, Morada Nova. Cabedelo - PB. CEP 58109-303