RELAÇÃO ENTRE MOTIVAÇÃO E PAIXÃO: UM ESTUDO EM PRATICANTES DE CROSSFIT NA CIDADE DE JOÃO PESSOA-PB

Matheus da Silva Nóbrega Bezerra, Stephanney Karoline M. S. F. de Moura, Aline Albuquerque Nobrega Rabay, Ana Paula Urbano Ferreira, Rogério Márcio Luckwu dos Santos

Resumo


Na psicologia do esporte os pesquisadores vêm buscando através das pesquisas entenderem o comportamento e condutas dos indivíduos no cotidiano, o que influencia nas ações, nas atitudes e qual a correlação das variáveis influenciadoras em suas ocupações que podem ser elas desportivas ou não. Diante disso, o presente estudo teve por objetivo relacionar os níveis de motivação e paixão de praticantes de Crossfit na cidade de João pessoa.A população deste estudo foi composta por praticantes de crossfit da cidade de João Pessoa. Foi utilizada uma amostra de 103 pessoas, sendo 49 homens e 53 mulheres, com idade mínima de 18 anos e idade máxima de 49 anos (DP± 6,97637), com no mínimo 3 meses de prática. Os principais resultados foram: as correlações positivas que se destacam são entre o tempo de prática e a percepção de competência (321**), entre percepção de autonomia e as intenções de prática desportiva (377**), entre a Motivação Intrínseca de Realização e a Paixão Harmoniosa (418**), Motivação intrínseca de conhecimento e a Paixão Obsessiva (407**), entre Motivação Intrínseca de estimulação e a Paixão harmoniosa (699**), Motivação Extrínseca de regulação introjetada e paixão obsessiva (535**), Motivação Extrínseca de regulação identificada e paixão harmoniosa (654**) e Motivação Extrínseca de regulação externa e a Paixão Obsessiva (434**). As correlações negativas que se destacam são: entre a idade e Motivação Extrínseca de Regulação Externa (-322**) e a Percepção de Competência e Desmotivação (-269**).


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Diálogos em Saúde

ISSN: 2596-206X

Instituto de Educação Superior da Paraíba

Rodovia BR 230, Km 14, s/n, Morada Nova. Cabedelo - PB. CEP 58109-303