PRECONCEITO NO FUTEBOL FEMININO NO BRASIL: UMA REVISÃO NARRATIVA

Mario Jordão Pessoa Ferreira, José Airton Xavier Bezerra, Kaethy Vasconcelos da Silva, Rodrigo Benevides Cerani, Diego Trindade Lopes

Resumo


Estamos muito além de um tempo onde era proibido a prática do futebol para mulheres assim como outros esportes, mas muitas pessoas ainda veem com olhos preconceituosos a sua prática, um cenário que pode mudar com um apoio maior das entidades responsáveis pela modalidade no Brasil. O presente estudo tem como objetivo identificar se existe preconceito com a modalidade no Brasil, vamos investigar como vem sendo administrado a modalidade e como as jogadoras vem enfrentando essa situação de preconceito. Para o alcance do objetivo, optamos pelo método da revisão narrativada da literatura. Chegando ao fim da construção deste artigo, pode-se concluir que o preconceito no futebol feminino no Brasil ainda é muito predominante e um dos fatores principais que contribuem para que esse preconceito fique alojado é a nossa própria sociedade que criou seu padrão e modo de visão em relação às mulheres.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Diálogos em Saúde

ISSN: 2596-206X

Instituto de Educação Superior da Paraíba

Rodovia BR 230, Km 14, s/n, Morada Nova. Cabedelo - PB. CEP 58109-303