VIOLÊNCIA NO FUTEBOL: OS CASOS “BA-VI” E “COMERÁRIO”

Danilo Andrade de Mesquita, Rodrigo Benevides Ceriani, Diego Trindade Lopes, Nadyjanara do Nascimento Silva, Jéssica Leite Serrano

Resumo


A discussão sobre a violência no meio esportivo, de maneira especial, no futebol, é uma temática amplamente discutida. Casos de violência envolvendo jogadores no clássico baiano entre Bahia e Vitória (BA–VI), e no clássico sul-mato-grossense entre Comercial e Operário (COMERÁRIO), tiveram grande repercussão na mídia esportiva. O objetivo do estudo é analisar os comentários dos usuários de sites esportivos frente às atitudes de violência nos casos “Ba-Vi” e “Comerário” a partir das narrativas midiáticas nacionais, para isso foram utilizadas as reportagens veiculadas em dois sites esportivos, o globo esporte e o ESPN. Para a análise dos dados utilizou-se o método de investigação de Bardin. Da análise dos dados empíricos foi possível identificar que muitos usuários enaltecem as atitudes agressivas tomadas, buscando justificativas que legitimem a violência. Em contrapartida, constatou-se que, outra parcela dos usuários deslegitima a violência e valoriza questões éticas no futebol, como em qualquer outra esfera; repudiando comportamentos agressivos apresentados corriqueiramente no nosso futebol e sugerindo punições aos autores dessas transgressões.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Diálogos em Saúde

ISSN: 2596-206X

Instituto de Educação Superior da Paraíba

Rodovia BR 230, Km 14, s/n, Morada Nova. Cabedelo - PB. CEP 58109-303