ANÁLISE DE ADIÇÃO DE FIBRA DE ALUMÍNIO EM MATRIZES DE CONCRETO: Resistência à compressão

Raul Suzuki Pinto Rabêlo, Evelyne Emanuelle Pereira Lima, Thaissa Ingrid Vaz de Carvalho, Antonio da Silva Sobrinho Júnior

Resumo


É notória evolução do concreto ao longo dos anos, suas aplicações são quase que ilimitadas, e um fator que potencializa ainda mais seu uso é a sua característica compósita. Apesar de existirem tantos pontos positivos na sua utilização, vale salientar um dos fatores que mais limitam sua utilização é a baixa resistência à tração. Um dos métodos para remediar tal ponto é a adição de fibras na matriz de concreto, e o estudo proposto por este TCC foi analisar a interação de fibras de alumínio em matrizes de concreto. Este tipo de análise leva consigo o intuito de fomentar a comunidade acadêmica e estimular a produção e aumento do acervo nacional sobre o assunto, regulamentando seu uso através normativas nacionais. O estudo foi feito com a análise de características do concreto no estado fresco e endurecido, no estado fresco foi medido o abatimento de tronco de cone (slumptest) conforme a NBR NM 67, e no seu estado endurecido que foi analisado a sua resistência à compressão conforme a norma NBR 5739. No total foram ensaiados 18 corpos de prova à compressão com diferentes percentuais de fibra (provenientes de latas de refrigerante) e um grupo controle. Por meio de resultados obtidos foi possível estudar tópicos relacionados a adesão da fibra na matriz de concreto e superfícies de deslizamento internas do concreto. Os resultados obtidos mostram que para obter sucesso com uma adição em uma matriz de concreto é necessário que quesitos como módulo de elasticidade da fibra escolhida, método de dosagem e quesitos de adesão devem ser levados em consideração.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Revista Acta Scientia

ISSN: 2596-2078

Instituto de Educação Superior da Paraíba

Rodovia BR 230, Km 14, s/n, Morada Nova. Cabedelo - PB. CEP 58109-303